O quinto encontro do seminário sobre “Estes dualismos que nos perseguem” realiza-se em Braga, a partir das 18 horas de hoje
O quinto encontro do seminário sobre “Estes dualismos que nos perseguem” realiza-se em Braga, a partir das 18 horas de hojeO dualismo natureza-graça é o ponto de partida para a quinta conversa de um longo seminário que a Faculdade de Filosofia da Universidade Católica de Braga está a organizar em 20 sessões, sob o tema genérico Estes dualismos que nos perseguem. a partir das 18 horas de hoje, na sala 3. 1 da referida Faculdade, o debate será orientado por Manuel Sumares.
O ponto de partida para a discussão, que pode ser lido e comentado no blogue da iniciativa, é um texto em inglês de John Milbank, da sua obra The Suspended Middle: Henri de Lubac and the Debate Concerning the Supernatural, em que aborda o trabalho do padre jesuíta francês, tido como um dos mais influentes teólogos do século XX, cujos escritos foram essenciais no Concílio Vaticano II.
O ritmo é quase semanal. a 30 de Janeiro, João Duque apresenta o dualismo natural-sobrenatural, depois a 6 de Fevereiro, Joana Sá Ferreira falará de este mundo e o outro, para João Carlos Major fechar o mês de Fevereiro (apenas no dia 27), com o debate sobre mente-cérebro.
Nos primeiros quatro debates, já foram discutidos os dualismos do corpo-alma (por alfredo Dinis, a 7 de Novembro), a verdade-mentira (pelo jornalista da SIC Pedro Cruz, a 21 de Novembro), o racional-irracional (por artur Galvão, a 12 de Dezembro), e o consciente-inconsciente (por José antónio, no passado dia 16).
agora os encontros aceleram nas suas datas (o ritmo, aliás, é quase semanal): os três debates seguintes têm lugar já nas próximas semanas, com João Duque a apresentar o dualismo natural-sobrenatural, a 30 de Janeiro; depois a 6 de Fevereiro, Joana Sá Ferreira falará de este mundo e o outro; para João Carlos Major fechar o mês de Fevereiro (apenas no dia 27), com o debate sobre mente-cérebro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *