Três eurodeputados portugueses manifestam-se contra a criação do “blue card”, durante o colóquio “Europa,que futuro?”, em Fátima
Três eurodeputados portugueses manifestam-se contra a criação do “blue card”, durante o colóquio “Europa,que futuro?”, em Fátima a eurodeputada ana Gomes (PS) vai votar contra o blue card (cartão azul) que pretende legalizar quadros altamente qualificados de países pobres que queiram vir para a Europa. Uma posição que é seguida por mais dois eurodeputados portugueses: Ilda Figueiredo (PCP) e José Ribeiro e Castro (CDS).
aqueles que mais precisa são os que os países de origem mais precisam: médicos, enfermeiros, salientou a eurodeputada socialista. Na prática estar a retirar-lhes as elites, é absolutamente contraditório com o desenvolvimento, apontou.
Os países de origem ficam condenados ao atraso , defendeu a eurodeputada comunista, considerando que uma política de solidariedade não é esta mas sim a de uma Europa que dá o que de melhor tem para ajudar africa a desenvolver-se.
a Europa não pode ter uma política de sugar esses recursos humanos qualificados , referiu o eurodeputado e antigo líder do CDS. Nos trabalhos do VIII Encontro nacional de animadores sócio-pastorais das migrações discute-se Os migrantes e o futuro da Europa . a iniciativa é da Cáritas Portuguesa, Obra Católica Portuguesa de Migrações e agência Ecclesia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *