Governo sudanês entregou à força de paz militantes de grupo combatente. Uma prova de que “não existe uma solução militar para o conflito” na região
Governo sudanês entregou à força de paz militantes de grupo combatente. Uma prova de que “não existe uma solução militar para o conflito” na regiãoO Governo sudanês libertou esta quinta-feira oito rebeldes que estavam detidos, entregando-os à força mista das Nações Unidas e da União africana (Ua), conhecida como UNaMID, que está a tentar devolver a paz à região sudanesa do Darfur devastada pela guerra.
Os oito membros do Movimento da Justiça e Igualdade (JEM) foram entregues em El Fasher, no Darfur do Norte, ficando à guarda da UNaMID, nomeadamente do comandante-geral da força, Martin Luther agwai, na sua qualidade de presidente da Comissão de Cessar-Fogo.
Esta é a prova de uma mudança profunda do Governo, e espero que seja o início de uma nova maneira de fazer as coisas em Darfur, afirmou o general Mohammed Bashir, do JEM, apelidando a libertação de uma nova maneira de resolver diferenças e de um novo começo para todas as partes, que agora devem compreender que não existe uma solução militar para o conflito no Darfur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *