Papa apelou às comunidades cristãs para acolherem bem os refugiados e migrantes
Papa apelou às comunidades cristãs para acolherem bem os refugiados e migrantes Quero expressar meu apreço a todos aqueles que se comprometem em favor dos jovens imigrantes e seus familiares, e por uma integração escolar e no mundo do trabalho , afirmou Bento XVI, no final do ângelus, este domingo.
O Papa recordou os que vivem fora dos seus países, longe das suas famílias, e que precisam de ajuda para se inserirem em novas comunidades. Em particular, as crianças e menores, alguns dos quais já nasceram a cresceram em campos de refugiados, e também eles têm direito a um futuro.
aos fiéis presentes na Praça de São Pedro, o Pontífice convidou as comunidades eclesiásticas a acolherem com simpatia os jovens e crianças, juntamente com os seus pais; procurando compreender as suas histórias e favorecer a sua inserção.
O apelo do Papa foi feito quando se celebra a Jornada Mundial do Migrante e Refugiado, com particular atenção para os jovens migrantes. Na solenidade do baptismo do Senhor, Bento XVI cumpriu a tradição e baptizou 13 crianças na Capela Sistina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *