as duas partes continuaram a expressar fortes divergências sobre as questões fundamentais em jogo, revelou a ONU
as duas partes continuaram a expressar fortes divergências sobre as questões fundamentais em jogo, revelou a ONU a notícia era esperada: a última ronda de negociações de paz entre Marrocos e a Frente Polisário terminaram num impasse na quarta-feira nos arredores de Nova Iorque, EU a (já madrugada de quinta-feira em Lisboa). No entanto, os dois lados concordaram com uma nova ronda em Março ­­- a quarta desde abril do ano passado – para tentar novamente uma solução para o conflito de 32 anos no Sara Ocidental.
O mediador da ONU, Peter van Walsum, disse que os dois lados não chegaram a uma solução mutuamente aceitável para [ultrapassarem] o impasse.
O Conselho de Segurança da ONU tinha dito não devem existir condições prévias para as negociações. Mas nenhuma das partes ajudou muito neste capítulo, informa a aP. Durante os dois dias de debates, as partes continuaram a expressar fortes divergências sobre as questões fundamentais em jogo, constatou Van Walsum.
Os dois lados concordaram finalmente com a necessidade de avançar com o processo para uma fase mais intensiva e substantiva das negociações.
O conflito ganhou importância para as nações ocidentais como a pressão aos países norte-africanos para conterem a crescente violência na região ligada à al-Qaeda e a islamistas radicais, como a anulação do Lisboa-Dakar demonstrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *