Paulino Fernandes Madeca, morreu hoje, 9 de Janeiro, vítima de doença, no hospital militar de Luanda
Paulino Fernandes Madeca, morreu hoje, 9 de Janeiro, vítima de doença, no hospital militar de LuandaOs restos mortais serão transladados para a província de Cabinda, devendo ser sepultado na sua terra natal, Chingolo, freguesia da Imaculada Conceição, em Cabinda. O programa das exéquias fúnebres prevê para quinta-feira a celebração de uma eucaristia fúnebre.
O prelado foi o primeiro bispo da diocese de Cabinda, erigida em 1974, função pastoral que desempenhou até ao limite de idade, em 2006. Sucedeu-lhe o bispo Filomeno Vieira Dias.
Paulino Fernandes Madeca nasceu na aldeia de Chingolo e ingressou no Seminário em 1940, ano em que a Santa Sé assinou a Concordata e o acordo missionário com Portugal. Cursou Teologia e Filosofia em Luanda, entre 1954 e 1955, tendo sido nomeado bispo auxiliar de Luanda com residência em Cabinda em 1983.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *