as Filhas da Caridade Canossianas celebram 200 anos de fundação. as celebrações iniciam a 5 de Janeiro
as Filhas da Caridade Canossianas celebram 200 anos de fundação. as celebrações iniciam a 5 de JaneiroFundado por Santa Madalena de Canossa em 1808, em Verona, Itália, o instituto das Filhas da Caridade Canossianas conta hoje uma longa história de vida e de amor continuada nos cinco continentes. as Filhas da Caridade Canossianas embarcaram pela primeira vez, em 1860, para o Extremo Oriente. Chegaram a Portugal em 1892. actualmente estão presentes no Porto, Queluz de Baixo e, mais recentemente, em Setúbal.
Madalena de Canossa nasceu em Verona, a 1 de Março de 1774. Desde muito jovem sente-se motivada a ajudar aqueles a quem faltava a dignidade de viver, sobretudo pela falta de justiça. aos 15 anos, Madalena pensa que Deus a chama para a vida de clausura e por duas vezes tenta a experiência do Carmelo. Mas não é esse o seu caminho.
até ao casamento do seu irmão Bonifácio, Madalena teve a responsabilidade de gerir o património familiar. Mas encontra tempo para se dedicar à oração, à contemplação de Cristo na cruz e de Nossa Senhora das Dores. abre-se ao grito dos pobres, famintos de pão, de instrução e de Deus.
Superadas as resistências da família, em 1808 deixa o palácio Canossa e tudo o que lhe está ligado, e dá início ao seu Instituto. Principia uma obra educativa para servir Cristo nos pobres.começa por acolher crianças abandonadas, abre escolas, comunica a doutrina cristã, dá assistência aos enfermos.
O carisma que a fundadora transmite às suas filhas e filhos é a caridade como expressão do amor de Deus, proclamado em Jesus crucificado e ressuscitado. Um amor sem limites que está aberto a cada pessoa que não O conhece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *