Bento XVI denunciou as perseguições de que os cristãos continuam a ser alvo por causa da fé
Bento XVI denunciou as perseguições de que os cristãos continuam a ser alvo por causa da féNo mundo de hoje, os cristãos ainda são perseguidos, presos e torturados por causa da sua fé em Cristo, e algumas vezes, também sofrem e morrem pela sua comunhão com a Igreja universal e pela fidelidade ao Papa, afirmou Bento XVI.
Durante a habitual audiência das quartas-feiras, o Pontífice lembrou os missionários, bispos, religiosos, religiosas e fiéis leigos perseguidos, presos, torturados, privados da liberdade ou impedidos de exercê-la por serem discípulos de Cristo e apóstolos do Evangelho.
a perseguição por causa da fidelidade ao Papa é particularmente sentida na China, onde os católicos vivem a sua fé na clandestinidade.
O Papa pediu aos fiéis que mantenham, nestes dias, o clima espiritual de alegria e serenidade do Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *