ONG pede intervenção imediata dos líderes africanos e europeus reunidos na segunda cimeira dos dois continentes, em Lisboa
ONG pede intervenção imediata dos líderes africanos e europeus reunidos na segunda cimeira dos dois continentes, em Lisboa a organização não governamental (ONG) humanitária Save the Children – Salvai as crianças – lançou um apelo a favor de milhões de crianças do continente africano que, anualmente, morrem devido a doenças facilmente curáveis.
Martin Kirk, dirigente da organização para África, declarou que hoje, primeiro dia da cimeira, morreram mais de 13 mil crianças africanas, com menos de cinco anos, devido a doenças curáveis. Cinco milhões de crianças com menos de cinco anos, é o número de crianças morrem na África sub-sariana, anualmente.
a maior parte destas mortes é devida a diarreias, pneumonia e malária, doenças facilmente curáveis, esclareceu Martin Kirk. a ONG pediu aos líderes africanos que respeitem a promessa feita de dedicar, pelo menos, 15 por cento dos orçamentos dos seus estados à saúde.
Pediu também aos líderes europeus para manterem o compromisso de dedicar ao desenvolvimento 0,7 por cento do PIB dos seus países. até agora só a Suécia, Luxemburgo, Holanda e Dinamarca mantiveram o compromisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *