a assembleia da República atribuiu o Prémio Direitos humanos de 2007 à “associação Cultural Moinho da Juventude”, um projecto comunitário do Bairro da Cova da Moura, na amadora
a assembleia da República atribuiu o Prémio Direitos humanos de 2007 à “associação Cultural Moinho da Juventude”, um projecto comunitário do Bairro da Cova da Moura, na amadoraO prémio foi atribuído por um júri constituído no âmbito da Comissão de assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias da assembleia da República. a associação Cultural Moinho da Juventude, contemplada com o prémio deste ano, completou o seu vigésimo aniversário a 1 de Novembro.
Nascida na década de 80, assume-se como um projecto comunitário. as actividades da associação desenvolvem-se a nível social, cultural e económico, e nas mesmas estão envolvidas crianças, jovens e adultos.
Na lista de actividades incluem-se o acolhimento de crianças na ausência dos pais por moradoras do bairro com formação adequada, um centro de atendimento de crianças, jardim de infância, actividades de tempos livres para crianças, um espaço para convívio de jovens que inclui um estúdio de música, apoio escolar a adolescentes e jovens, cursos de alfabetização, de formação, de informática e actividades desportivas.
a associação possui também serviço de apoio jurídico, formação parental, Educação de pares além da qualificação do próprio bairro.
a assembleia da República atribuiu ainda uma medalha de ouro aos jornalistas José Caldelas e Carlos Rico, da SIC pela reportagem Escrito na palma da mão , sobre a comunidade cigana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *