” a única verdadeira novidade da história humana é a vinda de Cristo. a história tem de ser reevangelizada”, afirmou Bento XVI a 30 mil fiéis, na Praça de São Pedro
” a única verdadeira novidade da história humana é a vinda de Cristo. a história tem de ser reevangelizada”, afirmou Bento XVI a 30 mil fiéis, na Praça de São PedroO desenvolvimento da ciência moderna empurrou cada vez mais a fé e a esperança para a esfera da vida privada e individual. O Papa falou de novo aos fiéis, reunidos na Praça de São Pedro para a oração dominical do anjo, sobre a sua segunda encíclica: Spe Salvi – Salvos pela Esperança.
Bento XVI afirmou que hoje torna-se cada vez mais evidente e por vezes dramático, que o homem e o mundo têm necessidade de Deus, do Deus verdadeiro, doutra forma ficam privados de esperança. a ciência contribui muito para o bem da humanidade mas não é capaz de a redimir. Só o amor redime o homem, tornando bela e boa a vida pessoal e social.
ao abeirar-se da janela do seu quarto, Bento XVI afirmou. a única verdadeira novidade da história é Cristo. Esta precisa de ser constantemente evangelizada. O Papa retomou o significado mais profundo da sua nova encíclica: o mundo tem uma necessidade dramática de Deus. a ciência não é capaz de salvar a humanidade. Bento XVI quis repropor o tema no início do advento para que seja motivo de reflexão durante o tempo de preparação do Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *