O Papa exortou as ONG’s (organizações não governamentais) católicas a combaterem o relativismo e a conhecerem a Doutrina social da Igreja e a promovê-la internacionalmente
O Papa exortou as ONG’s (organizações não governamentais) católicas a combaterem o relativismo e a conhecerem a Doutrina social da Igreja e a promovê-la internacionalmenteNa audiência em que recebeu os 130 participantes do Fórum de organizações não-governamentais de inspiração católica, Bento XVI defendeu que a lógica do relativismo leva a resultados amargos. Pensemos na tentativa de considerar os direitos humanos como meras conseqüências de certo estilo de vida, centralizado em si mesmo , sublinhou.
E ainda: a falta de preocupação pelas necessidades econômicas e sociais das nações pobres, como também o desprezo pela lei internacional, e uma defesa seletiva dos direitos humanos , frisou.
O Pontífice convidou os participantes a empenharem-se na promoção da Doutrina social da Igreja, pois ali ajudarão a encontrar as as respostas aos vários temas que são debatidos hoje, além de desenvolver iniciativas específicas, animadas pelo espírito de solidariedade e liberdade .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *