a assembleia-geral das Nações Unidas (ONU) aprovou a criação da figura do representante especial para a violência contra as crianças
a assembleia-geral das Nações Unidas (ONU) aprovou a criação da figura do representante especial para a violência contra as crianças a criação do novo cargo, que responderá perante o secretário-geral, foi aprovada no Comité dos direitos humanos da assembleia-geral por 176 votos a favor e um voto contra, dos Estados Unidos, adianta a Lusa. Será responsabilidade deste representante a defesa global das crianças afectadas por conflitos, ocupações, prostituição, pedofilia, maus-tratos e outras práticas violentas.
O novo representante especial deve dar visibilidade a todo o tipo de violência contra as crianças e lutar pelo seu fim. a resolução que cria este cargo insta também os países a mudar a aceitação social da violência como forma de disciplina, defendem as mais de mil organizações não governamentais que subscreveram a petição para a criação deste lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *