a polícia italiana refere que as rapinas em farmácias são mais frequentes e mais fáceis. Pelo que o número de assaltos estão a aumentar
a polícia italiana refere que as rapinas em farmácias são mais frequentes e mais fáceis. Pelo que o número de assaltos estão a aumentar a imprensa transalpina relata com frequência casos de assaltos. a maior parte deles sem violência. Num só dia da semana que termina a 25 de Novembro, reporta três casos acontecidos em Milão. Num o assaltante até pediu desculpa, antes de fugir. No segundo caso o ladrão apresentou-se com voz vacilante e assustada.
a terceira rapina, às portas da cidade, ao fim da tarde, o gatuno, antes de ir-se embora com 400 euros, disse ao farmacêutico: Desculpa, mas tenho filhos em casa com fome. Em muitos casos, os bandidos nem sequer são portadores de armas. Limitam-se a dizer: Quero o dinheiro, ou Dê-me a caixa. Sem oposição alguma chegam a levar mil ou dois mil euros. Na Europa social!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *