Garantir uma maior participação de movimentos nas negociações de paz é o objectivo dos responsáveis das duas instituições
Garantir uma maior participação de movimentos nas negociações de paz é o objectivo dos responsáveis das duas instituiçõesOs responsáveis das Nações Unidas e da União africana (Ua) encarregues de preparar no terreno a aplicação do processo de paz na região sudanesa do Darfur dizem que estão a acelerar os esforços, para pressionar alguns dos maiores movimentos rebeldes a encontrarem pontos comuns de entendimento, antes das previstas conversações directas de paz com o Governo sudanês no próximo mês.
Jan Eliasson, da ONU, e Salim ahmed Salim, da Ua, afirmaram esperar que mais rebeldes tomem parte nas próximas conversações em Sirte, Líbia.
Muitos dos grupos rebeldes do Darfur, que se fragmentaram recentemente em 16 ou mais distintas facções, de três grandes grupos, não assistiram à abertura no mês passado em Sirte, que foi pensado para ser o primeiro passo de um processo de três fases para terminar com o conflito.
Discutindo o andamento das conversações de paz até à data, Eliasson disse que os enviados queriam começar com o maior número de representantes presentes. E espera incentivar os rebeldes a participar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *