“acontecimentos graves comprometem a existência das comunidades cristãs e de outras comunidades religiosas”, alertam eurodeputados
“acontecimentos graves comprometem a existência das comunidades cristãs e de outras comunidades religiosas”, alertam eurodeputadosOs relatos de violência sobre minorias religiosas no Iraque, como noticiado esta quinta-feira por Fátima Missionária, foram objecto de uma proposta de resolução no Parlamento Europeu sobre os acontecimentos graves que comprometem a existência das comunidades cristãs e de outras comunidades religiosas no país.
O texto mereceu a intervenção de um eurodeputado português, Paulo Casaca, que se solidarizou, esta quinta-feira em Estrasburgo, França, com aqueles que são perseguidos no Iraque e que, de acordo com o deputado, infelizmente, não estão a ter na Europa a protecção a que teriam direito.
Há casos absolutamente inacreditáveis de ausência de qualquer sensibilidade por parte da nossa União Europeia em relação aos perseguidos iraquianos, acrescentou. Segundo uma nota emitida pelo gabinete do eurodeputado o socialista, Casaca recordou o padre Ragheed Ganni e os três diáconos da Igreja do Divino Espírito Santo de Mossul, que foram brutalmente assassinados no passado mês de Junho, como relatou então Fátima Missionária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *