O SEF lança campanha de sensibilização contra o tráfico de seres humanos, sexta-feira, 16 de Novembro. Sob o mote “Não estás à venda”, alerta para um problema social crescente em todo o mundo
O SEF lança campanha de sensibilização contra o tráfico de seres humanos, sexta-feira, 16 de Novembro. Sob o mote “Não estás à venda”, alerta para um problema social crescente em todo o mundoanalisar as implicações do tráfico de seres humanos em Portugal é o objectivo da campanha Não estás à venda , lançada pelo SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras – em parceria com o Conselho da Europa. a iniciativa será apresentada durante um seminário no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
a sessão de abertura do seminário será presidia pelo secretário de Estado adjunto, José Magalhães. Estarão presentes representantes da sociedade civil, de diversas organizações não-governamentais, da Organização Internacional para as Migrações, do Conselho da Europa, das autoridades brasileiras, das forças e serviços de segurança.
Durante o seminário será apresentado um livro em banda desenhada do Conselho da Europa, editado em língua portuguesa pelo Ministério da administração Interna/SEF, com quatro histórias de tráfico de seres humanos.com uma tiragem de 10 mil exemplares, o livro será também distribuído no Brasil, onde decorrerá o mesmo seminário dentro de duas semanas.
O Relatório sobre Tráfico de Pessoas 2007 , publicado em Junho pelo governo norte-americano revela que Portugal serve de destino e trânsito para o tráfico de seres humanos. O nosso país é apontado como o segundo país entre os que não cumprem os requisitos mínimos recomendados para o combate a este flagelo.
Esta análise não é partilhada pelo coordenador de Investigação Criminal da Direcção Central de Combate ao Banditismo da Polícia Judiciária, Pedro Felício. Para este responsável, a eficácia das autoridades portugueses é, em alguns casos, superior a alguns países comunitários. até Junho deste ano já foram detidos 30 traficantes [de seres humanos] e 13 encontram-se em prisão preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *