a polícia portuária grega rebocou hoje um navio mercante com 302 imigrantes clandestinos a bordo e três membros da tripulação. a embarcação encontrava-se em perigo, ao largo do Peloponeso (Sul)
a polícia portuária grega rebocou hoje um navio mercante com 302 imigrantes clandestinos a bordo e três membros da tripulação. a embarcação encontrava-se em perigo, ao largo do Peloponeso (Sul)Sou refugiado iraquiano, andámos neste barco 13 dias, a nossa aventura é inacreditável, disse um imigrante que falava com um filho ao colo. Entre os 302 passageiros estão 31 mulheres e 41 crianças. Os imigrantes terão embarcado nas costas turcas com destino a Itália. a maioria encontra-se em mau estado de saúde.
Foram examinados por médicos de um hospital local e transferidos para um centro de acolhimento de uma cidade próxima de Pyrgos. Vinte e dois deles ficaram internados por apresentarem situações de hipotermia, isto é, por terem sofrido temperaturas demasiado baixas.
O capitão do navio akdag emitiu sábado à tarde, 10 de Novembro, um sinal de perigo. alertava as autoridades gregas que o navio se encontrava do mar Jónio, em águas gregas e com uma avaria nas máquinas. as condições do mar eram particularmente difíceis, com ventos a mais de 90 quilómetros por hora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *