“é fundamental requalificar o trabalho dos padres e dos leigos”, afirmou o presidente da Conferência Episcopal, Jorge Ortiga
“é fundamental requalificar o trabalho dos padres e dos leigos”, afirmou o presidente da Conferência Episcopal, Jorge OrtigaSobre as preocupações transmitidas pelo Papa aos 34 bispos portugueses em visita ad limina a Roma, o arcebispo primaz de Braga salientou ao Diário de Notícias (DN) que este é um grande desafio para as Igrejas de Portugal e uma coisa a que temos de estar muito atentos.
Recorde-se que o Papa disse que é preciso mudar o estilo de organização da comunidade eclesial portuguesa e a mentalidade dos seus membros para se ter uma Igreja ao ritmo do Concílio Vaticano II .
a este apelo à mudança de mentalidade, a Igreja Católica reage com o estudo da eficácia dos rituais de iniciação. Daqui em diante, as dioceses ficam encarregadas de elaborar relatórios sobre vários campos da pastoral, como a catequese, que posteriormente serão analisados pela própria Conferência Episcopal.
ao DN, alfredo Teixeira salientou que a adequação da resposta pode não passar pelos meios tradicionais – mais padres e paróquias . Para o professor de sociologia das religiões da Universidade Católica, iniciativas para chamar os fiéis, construção de outro tipo de comunidades, ou mesmo a criação de unidades mais amplas que as simples paróquias podem ser soluções para contrariar a crise de vocações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *