Enviado especial do secretário-geral debateu futura cooperação com o Executivo local
Enviado especial do secretário-geral debateu futura cooperação com o Executivo localO conselheiro especial do secretário-geral das Nações Unidas à Birmânia, Ibrahim Gambari, encontrou-se esta segunda-feira com representantes de Rangum para debater a futura cooperação entre o Executivo local e a equipa das Nações Unidas no país, após as autoridades na semana passada terem declarado que não desejavam a continuação dos serviços da ONU na Birmânia.
O Ministério dos Negócios Estrangeiros birmanês afirmou numa carta enviada ao organismo mundial, na semana passada, que não desejam a continuação do coordenador das Nações Unidas, Charles Petrie, no país, referindo-se a uma declaração feita pela equipa local das Nações Unidas, liderada por Petrie, a 24 de Outubro, sobre questões sócio-económicas na Birmânia.
Gambari abordou esta questão na reunião mantida esta segunda-feira, quando se encontrou com o ministro dos Negócios Estrangeiros U Nyan Win, pela segunda vez em dois dias.
Durante as conversações, foi discutida a resposta do Governo birmanês, até agora, face às expectativas da comunidade internacional, na sequência da recente crise, que terá provocado um número indeterminado de mortos e detidos entre manifestantes pacifistas que exigiram uma melhoria da qualidade de vida e uma abertura democrática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *