Três agências estão a responder às necessidades das 103 crianças actualmente à guarda do orfanato de abeché
Três agências estão a responder às necessidades das 103 crianças actualmente à guarda do orfanato de abechéO Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) , o alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (aCNUR) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em parceria com a Cruz Vermelha do Chade estão a prestar assistência as mais de cem crianças. alimentos, colchões, vestuário, artigos de higiene bem como no domínio da saúde e do saneamento básico, é nesta primeira fase o que está feito, adianta a UNICEF, em comunicado conjunto.
Em causa está a detenção de membros da organização Children Rescue/arche de Zoe, interceptados com 103 crianças, quando pretendiam sair do Chade, em direcção a França.
Desde esse dia, 25 de Outubro, as três agências iniciaram um trabalho de recolha de elementos sobre a identidade, idades e locais de origem das crianças. Falaram com elas individualmente e ouviram atentamente as suas histórias para obter alguma informação sobre as características das famílias a que pertencem, refere a UNICEF.
Os dados vão servir para identificar os pais ou a família alargada a fim de permitir a sua reunificação e, na medida do possível, ajudar as crianças a retomarem alguma normalidade nas suas vidas. ao que tudo indica, 85 crianças serão provenientes de aldeias da região fronteiriça entre o Chade e o Sudão, perto de andé e Tiné. 95 das crianças com idades compreendidas entre 1 e 11 anos referiram-se ao seu ambiente familiar constituído por, pelo menos, um adulto que elas consideram como pai ou mãe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *