“Muitos cristãos olham o mundo como se Deus estivesse ausente”, afirmou antónio Matos Ferreira durante o painel “Educar com arte”
“Muitos cristãos olham o mundo como se Deus estivesse ausente”, afirmou antónio Matos Ferreira durante o painel “Educar com arte”O professor defendeu que educar não é formatar, é fazer crescer e fazer caminho. E a santidade passa por um percurso que ajude os outros a crescer.
aos congressistas, Matos Ferreira referiu que os cristãos não têm consciência do que lhes falta porque acham sempre que falta (algo) aos outros. E todos são chamados a ser santos.
a vivência cristã não é uma coisa que se venda na farmácia, referiu o orador apontando uma vivência com os outros. É uma experiência de conversão e não podemos fazê-la sozinhos, referiu o professor.
O orador neste painel da manhã Educar com arte apontou que todos somos chamados a construir uma cultura de valores e que este é um problema cultural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *