ajuda para purificar a água, promover a segurança alimentar e os cuidados de saúde em projectos no país, que procura evitar epidemias mortais de cólera
ajuda para purificar a água, promover a segurança alimentar e os cuidados de saúde em projectos no país, que procura evitar epidemias mortais de cóleraO Fundo das Nações Unidas para Respostas de Emergência atribuiu pouco mais de um milhão de dólares (cerca de 700 mil euros) de ajuda para purificar a água, promover a segurança alimentar e os cuidados de saúde em projectos na Guiné-Conacri, onde centenas de milhares de famílias estão a tentar recuperar dos efeitos das inundações e as autoridades procuram evitar epidemias mortais de cólera.
O Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos assuntos Humanitários (OCHa, na sigla inglesa) anunciou hoje a doação da verba como resposta às mais extensas inundações que têm varrido a maior parte dos países da África Ocidental desde Julho.
Mais de 400 mil dólares (pouco mais de 280 mil euros) foram atribuídos à Organização Mundial da Saúde (OMS) para financiar os esforços para controlar potenciais surtos de cólera. O programa vai reforçar a capacidade de agentes de saúde locais, promover a consciencialização pública sobre saúde e higiene e incluir um acompanhamento de pessoas afectadas. Quase seis mil pessoas ficaram infectadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *