O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), Jorge Ortiga pretende que o governo “repense” o corte no financiamento à Universidade Católica
O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), Jorge Ortiga pretende que o governo “repense” o corte no financiamento à Universidade CatólicaEm causa está o corte de financiamento por parte do Estado à Universidade Católica, prevista no Orçamento de Estado para 2008. Nós, Igreja, estamos habituados, em todos os momentos, a lutar com aquilo que temos e, evidentemente, estamos preparados para tudo, salientou à Rádio Renascença. Para o presidente da CEP, trata-se de uma questão de justiça, não só por causa da Universidade Católica, mas por causa dos pais e dos estudantes que gostariam de escolher uma universidade que prestigia, que tem qualidade, e nem sempre o podem fazer. Mais, não se trata de não conceder algo, mas de cumprir aquilo que foi posto em prática durante a existência da Universidade Católica, defendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *