a China manifestou o seu empenho na continuação do diálogo União Europeia (UE) – China sobre direitos humanos
a China manifestou o seu empenho na continuação do diálogo União Europeia (UE) – China sobre direitos humanosCom base na igualdade e no princípio do respeito mútuo, poderemos continuar a promover o diálogo dobre Direitos Humanos, disse Liu Jianchao, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, reagindo às críticas europeias, citado pelo Portugal Diário.
O responsável chinês assinalou que registámos que a UE avaliou de forma positiva as melhorias que a China fez em termos de direitos humanos nos anos mais recentes, para além de ter partilhado algumas preocupações. Liu Jianchao disse, também, que a China presta grande atenção aos direitos humanos, que são protegidos e defendidos pela constituição chinesa.
Na ronda sobre direitos humanos, o líder da delegação europeia manifestou preocupação quanto à questão da liberdade religiosa no Tibete. Chamou também a atenção para a forma como Pequim lida com o direito à liberdade de expressão e com os direitos laborais.
a questão dos direitos humanos será um dos temas a debater na Cimeira UE-China que decorre em Pequim, a 28 de Novembro. Reúne o primeiro-ministro José Sócrates, em representação da presidência europeia, Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia e Wen Jiabao, primeiro-ministro da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *