Mais de 100 pessoas deslocaram-se, ontem, 20 de Outubro, ao pavilhão dos bombeiros, onde rezarem, cantaram, ouviram testemunhos missionários e agiram. Tudo em prol das missões
Mais de 100 pessoas deslocaram-se, ontem, 20 de Outubro, ao pavilhão dos bombeiros, onde rezarem, cantaram, ouviram testemunhos missionários e agiram. Tudo em prol das missõesOs Jovens Missionários da Consolata (JMC), de Águas Santas, e os Jovens em Missão (JEM), de Nogueira da Maia, organizaram a Vigília do Dia Mundial das Missões, em Moreira da Maia. Esta é a noite Missionária dos que escutam o apelo à radicalidade evangélica, disse o presidente da celebração.
ao longo de duas horas, vários foram os símbolos que iam sendo apresentados. Desde a projecção de pequenos filmes, passando pelos cânticos e danças, até aos jovens vestidos de maneira representativa dos povos dos cinco continentes e à lavagem dos olhos, como o cego do Evangelho, para que lavados do nosso egoísmo, possamos ver os que sofrem.
Valentim Camale, missionário da Consolata moçambicano, chegado a Portugal há alguns meses, deu o seu testemunho missionário. Um dos momentos altos foi o compromisso que os jovens fizeram publicamente, de serem homens e mulheres de coragem, e usarem as suas mãos para consolarem a humanidade.
Para tal, precisam de mudar e transformar as suas vidas e as dos que os rodeiam. Cerca de uma trintena de jovens deixou as suas impressões digitais num mundo desenhado, como prova do seu compromisso.
Os Jovens em Missão são um grupo que irá fazer um ano de existência no próximo mês. O grupo é orientado e recebe formação dos Missionários da Consolata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *