Programa alimentar Mundial quer que Governo também realize reformas para ajudar os mais pobres
Programa alimentar Mundial quer que Governo também realize reformas para ajudar os mais pobresRegressado da Birmânia, um alto funcionário do Programa alimentar Mundial (PaM) apelou a um aumento da ajuda humanitária para o país, exortando simultaneamente o Governo da Junta Militar a realizar reformas para ajudar os mais pobres.
O director regional do PaM para a Ásia, Tony Banbury, afirmou que o auxílio aos níveis actuais não chegarão para satisfazer as necessidades do povo da Birmânia. Em todo o caso, para Banbury, o Governo do país deve levar a cabo reformas cruciais para o benefício das pessoas desesperadamente pobres e carentes do país, afirmou o responsável do PaM em comunicado.
Pelo menos cinco milhões de pessoas mais vulneráveis têm necessidades urgentes em termos alimentares, e muitos sofrem desnecessariamente de doenças e vivem na pobreza, segundo o PaM, que acrescentou que, neste momento, só pode fornecer comida para cerca de 500 mil pessoas vulneráveis – muito menos do que é necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *