a distribuição alargada de redes tratadas com insecticida, muito eficaz na luta contra a doença, permitiu progressos significativos
a distribuição alargada de redes tratadas com insecticida, muito eficaz na luta contra a doença, permitiu progressos significativos a distribuição alargada de redes mosquiteiras tratadas com insecticida – um tratamento que se revelou muito mais eficaz no combate à malária – tem alimentado significativos progressos na África subsariana de luta contra a doença, que mata anualmente pelo menos 800 mil crianças com idade inferior a cinco anos, afirmou esta semana a Unicef.
Malária e Crianças é o título de um novo relatório elaborado pelo Fundo das Crianças que demonstra um rápido crescimento da oferta de mosquiteiros tratados com insecticida, de 2004 a 2006, com a produção anual de redes a mais do que duplicar, de 30 para 63 milhões.
Também o número de redes adquiridas pela Unicef mais do que triplicaram no mesmo período, para cerca de 25 milhões de euros, e é hoje 20 vezes superior a 2000, afirmou a agência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *