O Painel das Nações Unidas para as Mudanças Climáticas e al Gore foram os premiados deste ano
O Painel das Nações Unidas para as Mudanças Climáticas e al Gore foram os premiados deste anoO Prémio Nobel da Paz foi esta sexta-feira atribuído em partes iguais ao Painel das Nações Unidas para as Mudanças Climáticas e ao ex-vice-presidente dos Estados Unidos, al Gore.
a academia sueca desta vez quase não surpreendeu. Gore era apontado como um dos favoritos, e na manhã desta sexta-feira o anúncio do prémio acabou por estender o reconhecimento que o americano tem tido um pouco por todo o mundo, depois da edição do documentário Uma Verdade Inconveniente, que trouxe para a luz do dia – de forma convincente e mediática – as questões das alterações climáticas. O filme ganhou mesmo dois Óscares, em Março passado, entre os quais o de Melhor Documentário.
al Gore agradeceu a distinção prometendo continuar a sua acção de emergência planetária, segundo relatos difundidos pelas agências. Temos de arranjar uma forma rápida de mudar a consciência do mundo em relação a este tema importante, afirmou.
Este é o problema mais perigoso que temos de enfrentar, mas temos também a grande oportunidade de mudar algo, acrescentou, ao lado da sua mulher, Tipper, e de quatro membros da universidade de Stanford, que trabalham no painel de ambiente da ONU, também distinguido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *