a conclusão da celebração dos 90 anos das aparições da Cova iria, Fátima dispõe de um novo espaço coberto, inaugurado a 12 de Outubro
a conclusão da celebração dos 90 anos das aparições da Cova iria, Fátima dispõe de um novo espaço coberto, inaugurado a 12 de OutubroÉ o maior recinto público fechado do país, de forma circular.com cerca de 130 mil metros cúbicos de volume e altura média de 15 metros, pouco mais da actual colunata do santuário, a nova igreja tem capacidade para nove mil lugares sentados.
Desenhado pelo arquitecto greco-ortodoxo alexandros N. Tombazis, o projecto combina harmoniosamente luz, som e tecnologia. De grande simplicidade arquitectónica, mas com alguma complexidade na engenharia civil, é uma obra singular pela sua grandiosidade e, ao mesmo tempo, pela atenção aos pormenores.
Mais de 3000 pessoas contribuíram, cada um segundo a sua competência, para que Fátima pudesse contar com um magnífico lugar de culto e de encontro, cuja verdadeira importância e valor virão a ser descobertos progressivamente. Treze portas dão acesso ao novo templo: 12 laterais, em bronze, dedicadas aos apóstolos; e a porta central, de 64 metros quadrados, dedicada a Cristo, com simbologia teológica trinitária.
a nova igreja responde à necessidade de oferecer maior abrigo e conforto aos peregrinos quer no Inverno quer também no calor. Muito poucos contestarão a necessidade. Só quem não visitou Fátima fora das grandes peregrinações pode desconhecer a carência de um espaço como o da nova igreja. Há muito fora ultrapassada a capacidade da actual Basílica. Destinado, sobretudo, às assembleias médias, encarna de modo simbólico a exigência de trazer para o centro da vida e da história a atitude profundamente humana de adoração de Deus.
artistas de renome internacional de diversos países assinam peças iconográficas, de grande valor, desde a cruz exterior, em aço, de 34 metros de altura, ao maravilhoso painel por trás do altar principal. Sendo o Santuário de Fátima um local de carácter internacional, por onde passam anualmente peregrinos de várias dezenas de nacionalidades, o novo espaço pastoral procurará que também através das obras de iconografia possa transparecer esta mesma universalidade .
Obra impressionante, o novo templo conta já com opiniões de aceitação e de rejeição. Voltada para o futuro, a nova igreja oferece uma imagem que os peregrinos levarão algum tempo a integrar e a acolher. Estamos perante um passo gerador de novos modelos e conceitos, certamente centrado sobre o essencial, como a atenção à Palavra de Deus e outros temas no espírito do Concílio Vaticano II.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *