Visitar esta exposição é um convite a uma peregrinação interior, salienta o bispo da diocese de Leiria-Fátima, antónio Marto
Visitar esta exposição é um convite a uma peregrinação interior, salienta o bispo da diocese de Leiria-Fátima, antónio MartoMaria dentro do Mistério de Cristo e dentro do Mistério da Igreja. até 6 de Janeiro, o visitante da exposição Salvé Rainha, Mãe de Misericórdia tem oportunidade de contemplar quarenta peças da diocese de Leiria-Fátima, Santuário e do Museu de arte Sacra e Etnologia de Fátima com a figura de Maria. Trata-se de um trajecto que permite observar peças que mostram a iconografia de Maria, dos diferentes títulos às expressões com que é venerada.
a mostra apresenta, como cartaz, uma Nossa Senhora do Rosário e, prossegue ao longo dos séculos num circuito que termina com a Nossa Senhora do Rosário, na evocação de Fátima, 300 anos depois. Inaugurada esta tarde, a exposição pode ser visitada das 10h às 19h, até final de Outubro. De Novembro a Janeiro, pode ser vista das 10h às 17h, excepto às segundas-feiras.
Na inauguração, o reitor do Santuário de Fátima manifestou a sua admiração pela explosão de tanta coisa (iniciativas culturais) nestes 90 anos das aparições. O mistério de Fátima é, afinal, o mistério de Deuse a mensagem de Fátima chegou muitíssimo longe, sublinhou Luciano Guerra. Por seu lado, o superior provincial dos missionários da Consolata, Norberto Louro apontou a arte é expressão de fé que brota do coração dos que a fazem ou mandam fazer. É também uma prece, um canto de louvor e esta exposição lembra a todos o rosto de Nossa Senhora é caminho que conduz a Deus.
a exposição está patente no Museu de arte Sacra e Etnologia de Fátima dos missionários da Consolata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *