a antiga primeira-ministra do Paquistão no exílio, Benazir Bhutto, e o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, terão conseguido acordo de reconciliação nacional
a antiga primeira-ministra do Paquistão no exílio, Benazir Bhutto, e o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, terão conseguido acordo de reconciliação nacionalFonte oficial em Islamabad declararam que os dois políticos fizeram um acordo que abre caminho para a partilha de poder. Eles concordaram num projecto que será apresentado pelo presidente amanhã [5 de Outubro]. Benazir Bhutto deu o seu acordo , refere uma fonte próxima do presidente Musharraf.
Benazir Bhutto vive exilada em Londres e ainda não confirmou o acordo. Um porta-voz do seu partido, o PPP (Partido do Povo Paquistanês), em Islamabad, também não confirmou a existência de tal acordo.
O decreto de reconciliação nacional prevê a amnistia dos responsáveis políticos. Recorde-se que a antiga primeira-ministra é acusada de corrupção quando chefiou o governo paquistanês por duas vezes (1988-1990 e 1993-1996). Segundo fontes oficiais, o acordo não será aplicado ao antigo primeiro-ministro Nawaz Sharif.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *