Missão em Kinshasa prestou auxí­lio no local da queda do avião, na evacuação de mortos e feridos e no fornecimento de material
Missão em Kinshasa prestou auxí­lio no local da queda do avião, na evacuação de mortos e feridos e no fornecimento de material a Missão das Nações Unidas de Manutenção da Paz na República Democrática do Congo (MONUC, na sigla como é conhecida) está a tomar parte em operações do salvamento depois da queda de um avião comercial numa área residential da capital, Kinshasa, esta quinta-feira.
Pelo menos 30 pessoas morreram na queda do aparelho e muitas outras ficaram feridas, num número desconhecido. Não foi ainda possível contabilizar o número de vítimas do aparelho e no solo.
a porta-voz da MONUC, Michele Montas, esclareceu que as Nações Unidas forneceram equipamento de combate a incêndios e auxiliou na evacuação de vítimas do local do acidente, enquanto fotógrafos da missão documentarem a extensão dos danos.
Segundo Montas, as agências humanitárias permanecem no local para apoiar no que for necessário as autoridades congolesas, que anunciaram entretanto a abertura de um inquérito ao acidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *