O crime pode ser perigoso para os jornalistas que o pretendem noticiar. é esta a questão principal do debate
O crime pode ser perigoso para os jornalistas que o pretendem noticiar. é esta a questão principal do debate a relação do crime organizado com o jornalismo será o tema abordado nos próximos dias, cinco e seis de Outubro, pelos profissionais da comunicação social de Guiné-Bissau. Trata-se de um seminário realizado pelo Observatório da Liberdade de Imprensa e da Ética Deontológica do país.
Os jornalistas que escrevem sobre esse assunto podem por em causa a sua segurança. Foi convidado um jornalista columbiano com o objectivo de partilhar a sua experiencia, em questões de tráfico de droga, com os guineenses.
Este seminário decorre numa época em que o ministério público guineense investiga alegadas perseguições a jornalistas e activistas dos direitos humanos que se debruçaram sobre assuntos ligados à droga, avança a angop. Nele participam, também, responsáveis da Direcção-Geral da Polícia Judiciária guineense e do Gabinete Nacional da Interpol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *