Vinte túmulos, no cemitério judaico de Lisboa, foram vandalizados. Nalguns foram pintadas cruzes suásticas, noutros arrancadas as placas de identificação
Vinte túmulos, no cemitério judaico de Lisboa, foram vandalizados. Nalguns foram pintadas cruzes suásticas, noutros arrancadas as placas de identificação a comunidade israelita de Lisboa está chocada com o que aconteceu na madrugada de 26 de Setembro, junto ao alto de São João. Trata-se de um crime contra a comunidade Judaica bem como uma ofensa à sociedade civil portuguesa, à democracia e ao estado de direito adianta em comunicado.
Dois jovens, um com 16 outro com 24 anos, ligados aos skinheads foram detidos pela PSP no local. O alerta foi dado por um anónimo que ouviu barulhos no interior do cemitério.
O alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas já condenou de forma clara os actos de vandalismo e desvalorizou o acontecido. São casos pontuais e não reflectem o sentimento geral da sociedade portuguesa , afirmou Rui Marques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *