Depois do relatório de Junho, peritos notam a execução de algumas recomendações, mas sem impacto significativo no terreno
Depois do relatório de Junho, peritos notam a execução de algumas recomendações, mas sem impacto significativo no terrenoas sérias violações da lei internacional e dos direitos humanos por todas as partes em conflito no Darfur voltaram a ser denunciadas por um grupo de sete peritos independentes escolhidos pelas Nações Unidasm revela hoje um relatório interno sobre situação nesta região sudanesa.
No relatório, os peritos no Darfur, apresentado à Comissão dos Direitos Humanos em Genebra, afirmam ter tido uma excelente cooperação do Governo de Cartum nas suas consultas e reuniões, desde o relatório anterior em Junho e das recomendações então feitas.
Mas a principal medida das recomendações a executar pelo Governo era uma melhoria concreta na situação dos direitos humanos na região devastada pela guerra. agora, ainda que identifiquem algumas recomendações parcialmente executadas por Cartum, o relatório nota que as mesmas não tiveram um impacto significativo no terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *