a 16 de Setembro de 2002, exactamente há cinco anos, apagava-se o cardeal François-Xavier Nguyen Van Thuan. a data será assinalada em Roma
a 16 de Setembro de 2002, exactamente há cinco anos, apagava-se o cardeal François-Xavier Nguyen Van Thuan. a data será assinalada em RomaFigura iminente do colégio cardinalício, o então presidente do Conselho Pontifício de Justiça e Paz esteve, durante 13 anos, injustamente detido nas prisões vietnamitas. Singular homem de Deus e de oração, testemunha de paz e de esperança, Van Thuan será recordado numa celebração na igreja romana de Santa Maria della Scala, em Trastevere.
O sucessor do purpurado vietnamita à frente do Conselho Pontifício, o cardeal Rafael Renato Martino, presidirá à Eucaristia. Os promotores da iniciativa serão recebidos em audiência a 16 de Setembro por Bento XVI em Castelgandolfo.
Em vista da abertura do processo de canonização, ao atingir o limite canónico de cinco anos após a morte, o cardeal Martino nomeou postulador da causa Sílvia Mónica Correale.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *