Um jornal sueco publicou um desenho que enfureceu fiéis. Exemplares do jornal foram queimados
Um jornal sueco publicou um desenho que enfureceu fiéis. Exemplares do jornal foram queimadosÉ um novo episódio de caricaturas, agora na Suécia. O jornal Nerikes allehanda, que publicou em agosto uma caricatura do profeta Maomé, está no centro da fúria de muçulmanos. Na noite de segunda-feira, exemplares do jornal foram queimados em circunstâncias misteriosas na cidade de orebro, anunciou a polícia sueca.
as duas a três centenas de jornais estavam numa paragem de autocarro, preparados para serem distribuídos, quando lhes pegaram fogo, nesta pequena cidade a oeste de Estocolmo.
Foram queimados propositadamente, mas não temos qualquer pista, nenhum testemunho e não podemos mais do que fazer conjecturas sobre as razões deste acto, afirmou o porta-voz da polícia local, Torbjorn Carlson. Nunca teremos certezas sobre quem pegou fogo e porquê, acrescentou.
O jornal de orebro publicou no dia 18 um desenho representando o profeta com corpo de cão, o que originou novas manifestações de protesto e de condenações de muitos países muçulmanos, nomeadamente o Irão, afeganistão e Paquistão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *