Um quilo de açúcar é o que a nova nota que entrou agora em circulação no Zimbabwe dá para comprar. O presidente Mugabe proibiu o aumento dos preços
Um quilo de açúcar é o que a nova nota que entrou agora em circulação no Zimbabwe dá para comprar. O presidente Mugabe proibiu o aumento dos preçosO Zimbabwe é neste momento o país com a maior taxa de inflação no mundo. Esta ultrapassa já os 7600 por cento. Numa tentativa de travar um constante aumento do custo de vida, o presidente Mugabe interditou o aumento dos salários e dos preços durante seis meses.
Esta ordem do presidente não chegou a ser aprovada pelo parlamento. aBritish Broadcasting Corporation (BBC) para África informaque quem a desrespeitar arrisca-se a seis meses de prisão. O aumento de salários só pode ser autorizado pela Comissão Nacional de Salários e Preços presidida pelo presidente.
O governo tem vindo a fazer mais importações devido à escassez de produtos e combustíveis. É um factor agravante, uma vez que contribui para o aumento dos preços. Um simples pão já é 50 vezes mais caro do que o era no ano passado. Foi colocada uma nova nota no mercado de 200 mil dólares zimbabueanos que só dá para comprar um quilo de açúcar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *