O Programa alimentar Mundial (PaM) gastou 315 milhões de euros na compra de alimentos para fazer face à penúria alimentar na África austral, pode ler-se no seu “site” na Internet
O Programa alimentar Mundial (PaM) gastou 315 milhões de euros na compra de alimentos para fazer face à penúria alimentar na África austral, pode ler-se no seu “site” na Internetadquiridos nos mercados locais, duas toneladas de alimentos vão ser distribuídos pelo PaM às populações carenciadas de Moçambique, África do Sul, Malawi e Zâmbia. O cabaz de alimentos é formado por legumes secos, sal e açúcar.
Desde 2002, a África austral atravessa sucessivas crises alimentares. Segundo a PaM, estas crises são provocadas por secas ou inundações. actualmente, o Zimbabué, Lesoto e Suazilândia são os países mais afectados pela carestia alimentar, que afecta cerca de 4 milhões de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *