altas temperaturas, falta de higiene e carência de água potável colocam em perigo miúdos em campos de deslocados
altas temperaturas, falta de higiene e carência de água potável colocam em perigo miúdos em campos de deslocadosDez mil crianças deslocadas no Iraque têm a vida em risco por causa do calor intenso, da falta de higiene e da carência de água potável. Enquanto isso, as agências humanitárias das Nações Unidas continuam a apoiar as vítimas dos bombardeamentos que mataram centenas de pessoas e feriram muitas mais na região Norte do Iraque, no início deste mês, avançou hoje a Unicef.
as circunstâncias que enfrentam muitas crianças preocupa a Unicef, particularmente entre as pessoas internamente deslocadas, cujo número atingiu agora um milhão, explica a instituição.
Com pouca electricidade disponível para ventiladores e ar condicionado, as crianças nas regiões centro e sul do Iraque correm um risco crescente relacionado com o calor. aliás, a necessidade de água potável permanece uma importante necessidade por resolver.
as condições de vida para estes refugiados internos e as comunidades de acolhimento são as piores, anota a Unicef, referindo-se a campos em Bagdad e Najaf. Pelo menos, actualmente são 50 mil deslocados só em Najaf. Muitos vivem em casas de lama ou em campos fora da cidade com epidemias, como a diarreia a atingir proporções enormes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *