O ministro paquistanês da Informação, Mohammad ali Durrani, confirmou a presença em Londres de três colaboradores do presidente Musharraf: “Nós estamos em contacto com Benazir Bhutto”
O ministro paquistanês da Informação, Mohammad ali Durrani, confirmou a presença em Londres de três colaboradores do presidente Musharraf: “Nós estamos em contacto com Benazir Bhutto”O presidente paquistanês encontra-se numa posição de fraqueza política sem precedentes desde a tomada do poder em 1999. Em Julho passado encontrou-se em abou Dhabi com Benazir Bhutto, primeira-ministro deposta e exilada em Londres, após o golpe de estado.
ambos partilham a rejeição do islamismo e Bhutto é considerada como uma aliada natural para o presidente general. O Partido do Povo Paquistanês da eis-primeira-ministro é o mais popular no país e um acordo com ela alargaria a base de apoio de Musharraf.
Com um processo a decorrer em tribunal por acusa de corrupção, Bhutto declarou que qualquer acordo depende das medidas tomadas por Musharraf para reforçar a confiança. além disso, exige a imunidade para os governos que ela dirigiu desde 1988 e o levantamento da proibição de um terceiro mandato de governo. Reclama ainda a demissão de Musharraf de chefe das Forças armadas.
Musharraf fez recentemente um apelo à reconciliação. alguns jornais paquistaneses referiram que o presidente terá enviado emissários ao antigo primeiro-ministro Nawaz Sharif, também ele exilado em Londres. O Supremo Tribunal acaba de invalidar a medida de amílcar e Sharif já anunciou que tenciona regressar ao Paquistão. O anunciado regresso poderá comprometer a reeleição de Musharraf.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *