apelo para ajudar os que vivem entre os escombros do forte terramoto que abalou o país
apelo para ajudar os que vivem entre os escombros do forte terramoto que abalou o paísÁgua potável, cuidados sanitários básicos, alimentos, abrigos e trabalhos prioritários transformaram-se nas primeiras necessidades na sequência do terramoto mortífero da última semana no Peru, confirmaram altos responsáveis das Nações Unidas, esta segunda-feira, enquanto lançavam um apelo para apoiar os sobreviventes. Simultaneamente, mantêm-se os esforços de ajuda de emergência desde o primeiro momento após o abalo sísmico.
O coordenador do programa de desenvolvimento das Nações Unidas, Jorge Chediek, afirmou que a situação nas áreas mais afectadas do Peru estava a começar a estabilizar-se, cinco dias depois do sismo, que atingiu 7,9 na escala de Richter, em plena hora de ponta. Pelo menos 610 pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas.
Chediek disse que a entrega de bens essenciais e de serviços à população afectada melhorou nos últimos dias e que as agências humanitárias estão a trabalhar para ajudar o Governo peruano a controlar as operações de salvamento e iniciar as fases de reconstrução e reabilitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *