Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas, saudou a prioridade atribuí­da por Portugal a África, depois de encontro de Lisboa
Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas, saudou a prioridade atribuí­da por Portugal a África, depois de encontro de Lisboaaprecio muito essa opção estratégica. O relacionamento com África também está no topo da minha agenda, afirmou o secretário-geral. Espero que durante a presidência portuguesa seja possível estreitar a cooperação com a União africana.
Segundo a agência Lusa, no final da reunião, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Luís amado, desconhecia ainda o teor das dificuldades diplomáticas em torno da realização da cimeira UE-África, referidas por Gordon Brown, depois do seu encontro em Londres com José Sócrates. Continuamos a trabalhar na preparação da cimeira e as dificuldades são conhecidas, explicou o ministro dos Negócios Estrangeiros português.
Depois do encontro desta manhã, 9 de Julho, com o primeiro-ministro de Portugal, Gordon Brown admitiu haver dificuldades em relação à participação do Zimbabué. Este país é país alvo de sanções da União Europeia. a cimeira Europa/África está marcada para 8 e 9 de Dezembro em Lisboa.
Inicialmente prevista para 2003, a cimeira foi várias vezes adiada. O Reino Unido e outros países europeus recusaram a participação do presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, cuja presença em pé de igualdade com todos os outros países africanos é exigida pela União africana.
Timor-Leste foi outro dos assuntos abordados por Ban Ki-moon nos encontros em Lisboa. agradeceu e elogiou a participação activa do governo português em Timor. Referiu-se às eleições presidenciais, em 9 de abril e 9 de Maio, e às legislativas em 30 de Junho: Esperamos que a União Europeia e que Portugal continuem a apoiar Timor-Leste no seu processo de reconstrução e o ajudem a ultrapassar os problemas económicos e sociais.