Estamos no Verão. Na Baía, o clima logo pela manhã ronda os 34 graus centígrados, com muita humidade. Qualquer esforço fí­sico deixa o corpo banhado em suor.
Estamos no Verão. Na Baía, o clima logo pela manhã ronda os 34 graus centígrados, com muita humidade. Qualquer esforço fí­sico deixa o corpo banhado em suor. O calor não é só para europeu, não. Os três teólogos africanos, missionários da Consolata, que vieram de São Paulo para férias, dizem que o calor é diferente dos seus países: Moçambique, Quénia e Congo.
Comida. Ó gente! Esta do prato especial o cururu, feito à base de quiabo, farinha de mandioca, feijão fradinho, pirão, a polenta baiana, é gostoso, mas o aspecto não é muito atraente. O quiabo com baba é enjoativo.comemos por cinco reais e ainda sobrou. Mal não fez a ninguém.
Música. Usada e abusada a decibéis fora de lei em qualquer lugar nas vias públicas é um atentado à vida privada. as igrejas pentecostais concorrem com os abusos. Haja tímpanos saudáveis. Penso que seja uma reacção à simplicidade e passividade do povo.
Salvador é uma cidade bonita, cheia de verde e de mar azul, de colinas e baixadas. Pena é que as ruas, as calçadas e os esgotos estejam sem a manutenção devida. as estruturas manifestam ressonâncias do tempo da monarquia e do Império português.
Imaculada Conceição. a festa foi apoteótica. Coisa nunca vista em Portugal, que me lembre. aqui fazem muita festa por tudo. É um povo muito festivo. ainda não percebi os bons motivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *