O Papa partilha as fortes apreensões dos bispos maronitas e do cardeal em relação ao Líbano.
O Papa partilha as fortes apreensões dos bispos maronitas e do cardeal em relação ao Líbano. algumas perspectivas de solução das crises que abalam a região alternam-se com tensões e dificuldades que fazem temer novas violências, afirmou Bento XVI no final da recitação do angelus.
O Papa lembrou particularmente o Líbano, em cujo solo estão chamados a viver conjuntamente homens diferentes no plano cultural e religioso para edificar uma nação de diálogo e de convivência e para concorrer para o bem-comum.
Faço também votos de que a comunidade internacional ajude a identificar as urgentes soluções pacíficas e necessárias para o Líbano e para todo o Médio Oriente, ao mesmo tempo que convido todos à oração, neste grave momento, referiu ainda o Santo padre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *