“Vida e Missão neste chão” é o tema da Campanha da Fraternidade de 2007. Os bispos católicos do Brasil orientam olhares da Igreja brasileira para a amazónia.
“Vida e Missão neste chão” é o tema da Campanha da Fraternidade de 2007. Os bispos católicos do Brasil orientam olhares da Igreja brasileira para a amazónia. a Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) quer que os católicos tomem consciência dos enormes desafios que a maior floresta tropical do mundo lança. além de razões ecológicas, a escolha do tema Fraternidade e amazónia foi a preocupação pastoral do episcopado por tudo o que se está a passar no pulmão do planeta.
a Campanha da Fraternidade de 2007 poderá ser uma ocasião privilegiada para que a sociedade brasileira tome consciência mais profunda acerca da complexa problemática da amazónia e reaja com políticas e iniciativas eficazes.
Odilo Pedro Sherer, bispo auxiliar de São Paulo e secretário-geral da CNBB, na apresentação do texto base da campanha, ofereceu as cores com que se pinta a preocupação pela região onde se concentram 60 por cento de todas as formas de vida do planeta.
Quando se fala da amazónia, o que salta à memória é, segundo o prelado, a questão ambiental: a devastação do verde das florestas, a ameaça à riquíssima biodiversidade, terras que vão sendo ocupadas, muitas vezes de forma desordenada e predatória, sem que o complexo e delicado ecossistema seja respeitado.
O bispo auxiliar de São Paulo denuncia: O egoísmo e a ganância na exploração das riquezas, o descuido e a imprudência, ameaçam seriamente esse património, que não é somente dos brasileiros; a devastação da amazónia representa uma ameaça e uma perda para toda a humanidade.
Estão em causa questões antropológicas e sociais. Os indígenas são perturbados em seu espaço e agredidos em suas culturas, esvaziamento do território. O secretário-geral da CNBB alerta para algo deveras preocupante: No coração da amazónia constatam-se problemas sociais típicos de áreas metropolitanas e industriais do centro-sul do país .
E conclui chamando a atenção para o que ele denomina de grave transtorno de fundo antropológico, ou seja, a perda irreparável de inestimáveis riquezas humanas e culturais das populações locais.
a Campanha da Fraternidade será lançada a 21 de Fevereiro de 2007, quarta-feira de cinzas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *