a cobiça dos ricos levou a que um incêndio doloso fizesse arder várias dezenas de barracas numa favela a que os Missionários da Consolata dão assistência na favela Deep Sea, na capital do Quénia.
a cobiça dos ricos levou a que um incêndio doloso fizesse arder várias dezenas de barracas numa favela a que os Missionários da Consolata dão assistência na favela Deep Sea, na capital do Quénia. Era domingo de manhã. a maior parte dos habitantes da favela Deep Sea tinham-se dirigido aos vários lugares de culto, entre os quais o Santuário da Consolata, para as celebrações dominicais. De repente, como fogo no capim, espalhou-se a trágica notícia, Deep Sea esta’ a arder!.
Uma das barracas tinha sido alugada a um falso inquilino. Este encheu-a de materiais inflamáveis e de gasolina. Deu-lhe fogo neste triste primeiro domingo de advento. antes que as chamas pudessem ser dominadas, setenta habitações estavam reduzidas a cinza e quatrocentas pessoas sem abrigo.
Deep Sea tem a desvantagem de se encontrar numa área que antigamente foi floresta. agora está circundada por habitações ricas, incluindo a residência de alguns embaixadores. Os 10 mil metros quadrados, onde vivem quase 10 mil pessoas excitam a cobiça de quem vê neste espaço a possibilidade de grandes investimentos imobiliários.
Deep Sea deve muito aos paroquianos do Santuário da Consolata e a benfeitores europeus que aí construíram uma escola materna, uma escola primária, um centro de formação de artes e ofícios e um dispensário. Por estas razões a Igreja é acusada de estar a favorecer a ilegalidade e de se querer apoderar de terrenos que não lhe pertencem.
Há um ano houve uma tentativa de arrasar o bairro com um bulldozer. agora recorre-se ao fogo posto.
O renegado incendiário foi facilmente detectado, encurralado e espancado. Valeu-lhe a polícia que o libertou das mãos do povo enfurecido. Dizia-me com tristeza um habitante: Este governo que nada faz por nós, desta vez chegou cedo demais e negou-nos a satisfação de fazermos justiça imediata. Palavras pouco cristãs, mas compreensíveis.
O advento começou na dor para este povo, que, ao rezar vinde Senhor Jesus, vinde, não sabe onde nem como celebrar o próximo Natal em paz e segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *