Kkottongnae é muito conhecida na Coreia do Sul.comunidade católica de cariz sócio-caritativo ajuda os mais pobres gratuitamente.
Kkottongnae é muito conhecida na Coreia do Sul.comunidade católica de cariz sócio-caritativo ajuda os mais pobres gratuitamente. a obra conta com um grupo de voluntários e com uma rede imensa de benfeitores. Quando se trata de uma causa nobre, os coreanos são bastante generosos.
Kkottongnae (aldeia da Flor) é a palavra coreana que significa Nazareth em hebraico. a comunidade cristã foi fundada para prestar assistência aos sem-abrigo e abandonados, muitos deles portadores de deficiência. Em 30 anos, mais de 14 mil pessoas em situação de miséria e precariedade foram assistidas.
No aniversário de fundação, a 8 de Setembro passado, o fundador da instituição, padre João Oh Woong-jin, apelou aos amigos e simpatizantes para que vivam a vida, pondo em prática o ensinamento do Evangelho: Sempre que fizestes estas coisas a um destes meus irmãos mais pequenos, foi a Mim que o fizestes.
O bispo de Cheongju, Chang Bong-hun, que presidiu à celebração, realçou a missão da obra. além de levar as pessoas a viver a vida ao serviço de Deus e do próximo. a obra salvou muitas vidas e muitas famílias, graças ao amor, sacrifícios e dedicação fervorosa dos religiosos que ali trabalham.
a instituição mexe com somas imensas de dinheiro. Há anos, um escândalo abalou-a seriamente. Foi um caso que envolveu o fundador. Pelo seu prestígio, o público em geral fechou os olhos e decidiu continuar a dar prova de confiança à obra.
Com um trabalho notável, a instituição contribui, em boa parte, para a imagem positiva que a Igreja católica tem neste canto do extremo Oriente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *