a Europa “tem capacidade para ajudar sozinha os países em desenvolvimento”. Quem o diz é o comissário europeu para o Desenvolvimento e ajuda Humanitária.
a Europa “tem capacidade para ajudar sozinha os países em desenvolvimento”. Quem o diz é o comissário europeu para o Desenvolvimento e ajuda Humanitária.com o mesmo dinheiro poderíamos ser mais eficazes e é inaceitável que a Europa, como principal doador, não oriente a filosofia do desenvolvimento, que deve assentar no multiculturalismo e na democracia , defendeu.
Não temos nenhuma desculpa para que 10 milhões de crianças morram todos os anos por doenças que têm tratamento, disse aos jornalistas.
Louis Michel destacou que a nova estratégia dos 25 para África assenta em três compromissos, sendo um deles a coordenação e a concentração de meios para uma ajuda mais eficaz e em coerência com a capacidade de absorção de cada país destinatário.
Os outros dois compromissos são o reforço da ajuda ao desenvolvimento de forma a atingir os 0,7 por cento do Produto Interno Bruto, definidos pela ONU, em 2015, e reforçar a coerência entre a política de desenvolvimento e as outras políticas da UE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *